segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Segredos de Vitórias



“Enoque foi transladado para não ver a morte,
porque alcançou testemunho de que agradara a Deus”
Hebreus 11.6

O texto bíblico de Hebreus 11 inicia fala sobre a Fé, sua definição e  essência. Mas observando esse versículo podemos destacar 5 segredos que fizerem de Enoque uma pessoa especial:

– Havia uma fé constante no coração dele. Ele não duvidava do poder de Deus. Enoque sentia essa necessidade de se separar do mundo e viver em santidade para agradar a Deus. E isso foi detectado pelas demais pessoas que viviam ao seu redor.

Agradar - O texto de Gênesis diz que “andou Enoque com Deus trezentos anos...” Não foi um dia ou dois, nem apenas um mês, mas durante uma sequência de anos Enoque se submeteu a vontade do Eterno e alcançou testemunho de que era justo e fiel. E suas atitudes agravam a Deus

Aproximar-se – Havia uma comunhão íntima deste homem com Deus. E como podemos nos aproximar do Senhor? Através da oração, da leitura da sua Palavra, do louvor, e até de uma vida de comunhão com outros irmãos.

Crer – Esse é outro ponto que nos chama atenção. Enoque cria na existência de um Deus, embora vivesse no meio de uma sociedade corrompida pelo pecado e pela adoração a outros deuses. 

Mas Enoque procurara se santificar a cada dia para estar na presença do seu Deus e com sua atitude e talvez também com suas palavras, condenava a vida errônea de seus vizinhos, de sorte que resolveram matá-lo. Então Deus o transladou, o tomou para si, e o restante do versículo afirma, visto que “...antes da sua transladação alcançou testemunho que agrada a Deus”

Devemos crer que temos um Deus que nos guarda, que provê tudo o que precisamos e que nos cura de qualquer enfermidade e que nos livra da morte.

Buscar – O texto bíblico de Hebreus afirma que se deve crer em Deus e que Ele é galardoador dos que os buscam. Então buscar a Deus em oração, com fé crendo na vitória é um dos segredos para alcançar o que se deseja. Não foi diferente com Enoque.


Marion Vaz


Nenhum comentário:

Postar um comentário