sexta-feira, 21 de maio de 2010

Com Orações e Súplicas

À medida que o homem abre seu coração para Deus e invoca o seu nome e a freqüência com que se dedica a oração, ele se torna mais íntimo do seu Criador. E Deus passa a lhe conhecer melhor, embora em sua Onisciência, o Senhor já saiba de antemão tudo o que pensamos e desejamos. Mas o fato abrir um espaço em sua vida diária e dedicar parte dela para falar com Deus, já demonstra o desejo de estar mais perto Dele.

Essa intimidade é que vai fazer diferença nos momentos difíceis, nos mais críticos, no decorrer da vida. Com a leitura diária da Bíblia vem o conhecimento de Deus, do seu poder, da sua vontade soberana, das experiências dos personagens bíblicos, mas é através da oração que eu me faço conhecer.

A partir desse primeiro passo é que esse homem percebe que orar é um privilégio, quando ele pode expressar todos os seus sentimentos e pensamentos a Deus.

A oração sincera pode mover a mão de Deus para abençoar vidas. A oração deixa de ser uma mera obrigação religiosa para ser um dever de cada crente. Então entendemos que “a oração do justo pode muito em seus efeitos”. Quantas pessoas são abençoadas por causa de sua oração? Quantos livramentos? Quantas vidas resgatadas das mãos do inimigo?

O próprio Deus deixou-nos essa ordenança: “Orai sem cessar”. Em outra ocasião recomendou: “Orai para que não entreis em tentação”. Um outro conselho afirma: “Vigiai e orai”. Em meio as suas angustias o profeta Jeremias ouviu: “clama a mim e responder-te-ei...”. Em sua epístola Tiago afirma que “a oração da fé salvará o doente e se tiver pecados serão perdoados”

Orar é o primeiro passo para ver pessoas sendo libertas, curadas e transformadas pelo poder de Deus. Ore mais! Ore por portas abertas. Ore para que viciados sejam libertos e enfermos sejam curados. Ore! Ore pelos seus irmãos e amigos. Ore!

Um preceito judaico no Talmud afirma: "Ora, ora, ora mais ainda, qualquer que seja o objeto de tua necessidade. Orar é o melhor meio de obtê-lo"

No Novgo Testamento encontramos: “...as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas e ações de graça”.
Filipenses 4.6

Marion Vaz

Nenhum comentário:

Postar um comentário